A microchipagem nos animais de grande porte faz parte do projeto da Coordenadoria

A Prefeitura de São Jerônimo, através da Coordenadoria de Proteção e Bem Estar Animal, já está realizando a microchipagem em animais apreendidos que estão soltos em via pública no município.
A microchipagem nos animais de grande porte faz parte do projeto da Coordenadoria, que prevê, ainda, o cadastramento e multas. Este microchip será importante como uma forma de identificação do dono do animal, em caso de acidente ou maus tratos, já que a maioria desses animais não tem registro.
A coordenadora Leidimirian Chananeco Lima salienta que é muito importante que os proprietários se conscientizem e informem ao órgão municipal, em casos de venda do animal, para transferir a responsabilidade.
- Vai funcionar assim: o animal que é apreendido solto em via pública será microchipado e fazemos o cadastramento. Quando o proprietário procurar, deverá assinar um termo de responsabilidade, pagamento de multa e terá o número do microchip vinculado ao seu CPF, destacou Leidimirian.
A microchipagem é feito por um médico veterinário e dura no máximo 5 anos, cabendo as Administrações futuras darem continuidade ao trabalho, já que os dados dos proprietários destes animais, estarão arquivados. Este cadastro estará disponível para a Brigada Militar, em caso de acidentes. E, em caso de animais com maus tratos, não será devolvido para seu dono e será feito um Boletim de Ocorrência.
Para mais informações podem ser obtidas na sala da Coordenadoria, na rua Luis Miller Picarelli, no prédio do INSS ou por email: [email protected]

Data de publicação: 24/09/2021

Compartilhe!